Filhos partidos ao meio

Um dos maiores flagelos não discutidos nos dias de hoje diz respeito ao resultado mais trágico e destrutivo das relações quebradas: filhos de pais separados. Tenho legitimidade para falar do assunto. Eu, como tantos e tantos outros, faço parte do grupo das crianças (e adolescentes) que cresceu com pais separados, com duas casas, com duas […]

Read more "Filhos partidos ao meio"

Infiel ou e então?

Num workshop a que assisti há alguns anos, uma professora contava uma história sobre índios americanos. Uma mulher chegava perto das anciãs da sua aldeia e dizia: O meu marido foi-me infiel. E uma das anciãs respondia: E então? Junta-te a nós. Esta talvez seja uma das mais velhas e comuns questões do mundo: a […]

Read more "Infiel ou e então?"

Segunda Feira

Chamem-me doido mas sempre amei as segundas feiras. Tanto ou mais que as manhãs. Sim eu sei, sou uma ave rara, mas sempre foi assim. O gostar dos começos, e o ser uma ave rara. Para mim as segundas feiras são mágicas. Encerram nelas o começo de algo novo, a promessa de um novo início […]

Read more "Segunda Feira"

O amor não é sexy

O amor não é sexy. Não nos vamos iludir. Não é sensual, não é forte, não é doido, não é tudo. O amor apenas é. Durante muito tempo, se calhar como acontece com tanta gente enquanto crescem, confundi o prazer, o desejo, a paixão com amor. Achava que o amor era uma coisa arrebatadora, louca, […]

Read more "O amor não é sexy"

Dançar

Dança até não poderes mais. Dança até que os pés te doam. Dança agarrado, dança sozinha, mas dança. Dança na sala, no supermercado, no meio da rua, em cima do monte, mas dança. Dança quando acordas, no meio do expediente, durante o lanche, quando estás a dormir, mas dança. Dança sozinho, com os teus pais, […]

Read more "Dançar"

Crescer

Quando estamos na aventura da vida diária muitas vezes não temos o tempo, ou a vontade, de parar e olhar e ver de onde viemos e para onde estamos a ir. Mas estes dias aconteceram várias coisas engraçadas que me fizeram perceber que mudei.

Read more "Crescer"

Caminhos da escrita

Quando decidi começar a reunir no mesmo sítio as coisas que escrevi deparei-me com um desafio enorme. Muitas das coisas são mais históricas que estruturais. O que quero dizer? No tempo em que as escrevi, algumas delas nos tempos idos de mil e troca o passo, elas eram relevantes, pertinentes, emocionantes, ou eram apenas. Hoje […]

Read more "Caminhos da escrita"